Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

Quanto custa a fe$ta da democracia dos prefeiturávei$ em $ão Vicente?

Pra quem tiver interesse nos custos da festa da democracia dos prefeituráveis em São Vicente que está chegando num total de R$ 1.300.000,00 somando o investimento de todos os candidatos juntos. Seguem alguns dados (sujeitos a mudanças para mais). Colocarei por ordem do tamanho do investimento, porque assim, eleição é investimento, é gasto, é negócio, não sejamos inocentes, alguns estão só disputando a cidade, na verdade, estão querendo comprá-la.
Vamos lá:
Pedro Gouvêa já tem de doação R$ 582.710,50, deste recurso R$ 452.320,50 foi doação do Fundo Partidário do PSB. . 
Luciano Batista tem de doação R$211.932,74, deste recurso R$ 139.000,00 é investimento pessoal do candidato. 
Davi Morgado tem de doação R$141.115,40, deste recurso R$ 80.400,40 é investimento pessoal do candidato. 
Junior Bozzela tem doação de R$123.000,00, deste recurso R$ 117.700,00 é investimento pessoal do candidato. 
Paulinho Alfaiate tem de doação R$45.075,00, deste recurso R$17.200,00 é investimento pessoal do c…

A política do silêncio e das boas imagens e códigos publicitários

Já perceberam que a palavra da maioria dos políticos não produzem efeito algum se ela não estiver atrelada a um conjunto de códigos imagéticos que transmitem esperança, honestidade, sinceridade e mudanças? E por que será que hoje (ou sempre) a palavra de um político encontra-se deslocada? No sentido de no mínimo ter força de pautar um debate pequeno sobre determinadas questões sociais? Será por isso que a imagem dos políticos vivem a percorrer constantes mudanças e construções que buscam sempre o enobrecer ao mesmo que tempo que o isentar de quaisquer responsabilidades?

Na realidade a palavra de maior parte dos políticos é produzida para simular a realidade, isto é, para criar uma representação da realidade mais atraente, mais palatável e aprazível. Distorcida e contraditória, mas o que importa são os signos criados e estes precisam ser capazes de tornar a palavra em um produto vendável, uma simulação burlesca para esconder a tragédia. Talvez, mais que isso, capaz de construir um olh…

R$ 452.320,50 de investimento de campanha de prefeiturável em São Vicente. Débito ou crédito?

Por que será que uma cidade quebrada como São Vicente é alvo de investimento de campanha política que poderá chegar na casa de um milhão de reais, ou mais? De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral o teto máximo para o primeiro turno é de R$ 1.421.781,63. Por enquanto está em torno de R$ 582.710,50 e a maior doação de campanha é oriunda de um Fundo Partidário de um partido aliado que até o momento foi solidário com a "bagatela" de R$ 452.320,50. (fonte TSE)

Maior inve$timento em prefeiturável (de apoio) na região da Baixada Santista feito por este partido que pretende vencer as eleições de qualquer modo. (levando em consideração todo esse investimento) Porém, assim, particularmente, penso que ao olhos de quem realiza todo esse investimento está efetuando uma compra, isto é, está comprando uma cidade que no caso seria São Vicente, afinal, algum motivo há de ter, pois não consigo acreditar que seja responsabilidade e amor pela cidade.

É negócio, política é negócio para a ma…

Vencer a velha política coronelista vicentina é preciso! Quatro dias para isso?

O cenário político eleitoral na cidade de São Vicente tem se tornado interessante, a disputa da cadeira do executivo após os últimos debates televisivos entre os prefeituráveis criou certo desconforto (para não dizer desespero) nas velhas personagens políticas vicentinas de sempre. No último de debate, por exemplo, ficou nítido a tentativa dessas personagens tentarem isolar o candidato Kayo Amado (Rede Sustentabilidade) explico: durante o debate nenhum dos candidatos realizava perguntas para Amado, e vale dizer que o mesmo somente participou do debate devido ação judicial contra a emissora (filiada daquela que não quero dizer o nome) que tentou excluí-lo alegando que a lei de proporcionalidade garantia a possibilidade. Enfim, a verdade é que o tiro saiu pela culatra e fortaleceu a candidatura de Amado que aproveitou o gancho para acirrar o debate político e convidar as pessoas a não votarem num grupo político que governa a cidade durante anos, e que contribuiu para a cidade se encont…

Entrevista com Jasper Lopes (Psol) candidato à prefeitura de Praia Grande.

Nesta segunda-feira (26/09) entrevistei Jasper Lopes (Psol) prefeiturável da cidade de Praia Grande. Durante uma hora conversamos um pouco sobre a cidade de Praia Grande e também sobre alguns problemas que dizem respeito à acesso de direitos sociais, principalmente da população de baixa renda que termina refém de uma política de trocas de favores e de barganhas que sucateiam os serviços públicos e os transformam numa mera mercadoria.
Jasper também falou sobre a crise de representação política e sobre apostar na ideia que política é algo que se faz cotidianamente, e que neste momento de eleição é apenas um momento onde é possível se aproximar da população e discutir certas questões pertinentes a cidade e os direitos, no entanto, a política mesmo se faz diariamente estimulando a organização popular, seja por meio da cultura: música, teatro, saraus, ou mesmo desenvolvendo atividades que visem a discussão cotidiana da realidade. De acordo com Jasper é importante entender como a sociedade…

Quantos partidos é preciso para governar São Vicente? Dois, quinze? Debate dos prefeituráveis, uma lástima.

A crise de representação política é mais profunda do que imaginamos. Debate dos prefeituráveis, uma lástima.

Aconteceu neste último domingo (25) e se estendeu pela madrugada desta segunda-feira (26) o debate ao vivo na TV Tribuna (filiada da Rede Globo) entre os prefeituráveis da cidade de São Vicente. Este foi o segundo em emissora aberta de televisão, o primeiro foi todo pautado em trocas de ofensas, este de certo modo, houve avanços para além das acusações, no entanto escancarou a ignorância política de muitos candidatos que ali estavam em relação muitas questões como saúde, transporte público, educação, população em situação de rua, segurança pública... Isto é, ficou nítido o porquê os serviços públicos na cidade se encontram tão sucateados, por exemplo, o candidato Fernando Bispo (PR) diversas vezes ao falar de saúde ficou falando sobre UBS (Unidades Básicas de Saúde) abertas 24 horas para atender a população e solucionar os problemas, ao mesmo tempo que se enrolava para explicar…

Entrevista com Débora Camilo candidata à prefeitura de Santos

Nesta última sexta-feira (23/09) realizei uma entrevista com Débora Camilo, candidata à prefeitura da cidade de Santos pelo Partido Socialismo e Liberdade (Psol). A entrevista ocorreu numa sala de um prédio comercial no centro de Santos com horário marcado para às 17h, tive um atraso de vinte minutos (que comuniquei antes) e ao chegar encontrei-me com Débora e com algxns de seus companheirxs que discutiam questões relacionadas a campanha. Aguardei alguns minutos até terminarem e enquanto esperava acabei me recordando da bobagem que Levy Fidelix (PRTB) falou para Luciana Genro (Psol) num debate em 2014 ao vivo na Rede Globo entre os presidenciáveis: "eu estudei você Luciana". Pensei em iniciar fazendo essa brincadeira para descontrair, pois considero que as formalidades de uma entrevista às vezes engessam uma conversa aprofundada, porém terminei esquecendo e de certo modo, os quadros na parede da sala - de Che e dos cinco cubanos que estiveram presos acusados de terroristas …

Indígenas Guarani M'Bya na Escola Cleóbulo Amazonas Duarte

Aconteceu no dia 03 de setembro de 2016 na Escola Cleóbulo Amazonas (Santos) uma atividade em comemoração ao dia do folclore. Diversas apresentações culturais aconteceram na escola e uma atividade de certo modo teve uma importância particular devido não ser tão comum quanto deveria seu acontecimento, refiro-me especificamente ao encontro que ocorreu entre os Guarani M'Bya da aldeia Paranapuã, São Vicente - SP com alunos/professores e funcionários da escola, onde certamente a maioria (discente e docente) apenas conhecia a cultura indígena por meio de livros escolares que, infelizmente, boa parte ainda carregam certas distorções da cultura indígena, além de certa exotificação. 
Portanto, este tipo de encontro é fundamental na medida em que ele aproxima e desconstrói certos esteriótipos, além de possibilitar o intercâmbio e o diálogo em relação a cultura indígena e também no que tange as reais condições que encontram-se as populações indígenas hoje no país, que no caso, é lastimável…

Funcionárias da Creche Vovó Zefa trabalhando sem salário. E a fiscalização se omite.

Creche Vovó Zeva: Funcionárias com salários atrasados

Funcionárias da Creche Vovó Zefa em São Vicente estão novamente com salários atrasados. No mês passado ocorreu a mesma situação e somente foi regularizado mediante mobilização de pais e mães de crianças que frequentam a creche. A explicação do setor de pagamentos da prefeitura na época era devido a falta de prestação de contas da associação Renova Ação que gestiona o equipamento.

Hoje, mesmo com as contas regularizadas, mais uma vez a associação atrasa o salário das funcionárias. De acordo com informações do Sr Mario, setor de pagamentos o repasse de setembro será feito entre o dia 20 e 25 de setembro, isso se a prestação de contas estiver em dia. Portanto, ao que parece mais uma vez existe algo estranho nessa situação, porque se está tudo em dia e os pagamentos de convênios estipulam essa data, além do mais, serviço público existe esse tempo hábil para pagamentos, porque a associação ainda não efetuou os pagamentos de salários das…

Não existe amor em debates de candidatos para prefeito de São Vicente

Quem assistiu o debate dos prefeituráveis de São Vicente na Tv Santa Cecilia nesta segunda-feira (19/09) pôde conferir que o nível do debate comparado ao de 2012, melhorou um pouco. No entanto, foi um debate em que o amor somente durou dois blocos, e no terceiro as trocas de acusações entre alguns candidatos desequilibraram a discussão no sentido propositivo do que cada candidato tinha para oferecer para a cidade, o que de certo modo, também contribuiu para demostrar que tipo de representatividade política delineia-se como gestora do município. Mas, nada de novo, afinal, quem espera amor em debate político está no lugar errado. Enfim, as trocas de acusações giravam em torno do apoio ao prefeito Luiz Cláudio Billi, os cargos de familiares, as trocas de favores e afins... Entretanto, a sombra que gerava incômodo e desafetos, era de fato a figura do vice-governador Márcio França, triste constatar, porém, se num debate tal personagem exerce influência ao ponto de impedir seus desdobramen…

Eleição em São Vicente: propaganda é a alma do controle da máquina pública

Andar pelo centro de São Vicente ou pelas feiras-livres neste momento de eleição é encontrar com centenas de pessoas que não disputam apenas as eleições, mas as mentes e os corações das pessoas. A maioria com promessas de um novo futuro para o município; de uma política transparente, compromissada, honesta e principalmente que possua um projeto sólido para a cidade. Mas quem de fato tem um projeto consistente, coerente e que não venda ilusões? E que seja capaz de abarcar a população para a construção desse projeto? Não de forma consultiva, mas deliberativa, que consiga estimular a participação popular e construir caminhos sólidos para a cidade? E deste modo as futuras gerações não precisem enfrentar serviços públicos sucateados.

As campanhas fantasiosas e a política do mais do mesmo

Alguns candidatos beiram o exagero em seus falatórios, mas a campanha ofensiva traduzida em santinhos, bandeiras, vídeos e centenas de repetições, duvido que não produzam algum efeito. Todavia, o mais intere…

Oficinas de circo na Vila do Teatro. O circo é de todos!

Há quatro anos ocorrem na cidade de Santos as oficinas de circo na Vila do Teatro. Organizada por artistas independentes da cidade, as oficinas já formaram dezenas de jovens e a cada ano mais jovens procuram as oficinas para aprender técnicas de circo, ou mesmo para se aproximar e aprender um pouco dessa arte popular.

As oficinas são oferecidas gratuitamente e nela os jovens podem aprender diversas técnicas em relação a arte circense, de acordo com Sidney Herzog, professor de arte circense, as oficinas também são uma ótima maneira de se realizar exercícios físicos e aprender a trabalhar em equipe, em coletivo e de certo, se aprofundar um pouco na cultura popular brasileira, pois o circo tem história no Brasil, é preciso conhecer um pouco pra além do circo europeu.

"a cada ano a gente forma um espetáculo, e no final do ano com os alunos sai pela cidade apresentando nas periferias, nas quebradas... Onde tem menos acesso cultural [...] o circo é uma forma muito bacana de se express…

"Projeto Pintando na Vila". Contribua com a festa de formatura das crianças!

O projeto "Pintando na Vila" é um projeto social desenvolvido pelo comunicador social Elias Do Carmo da Silva, jornalista e idealizador da Tv GLS - Santos, juntamente com moradores da Vila Santa Casa, (conhecido também como Caldeirão do Diabo) na cidade de Santos. O objetivo deste projeto é criar um espaço de produção (e recreação) cultural para as crianças do bairro. No vídeo logo abaixo, Elias fala sobre o projeto e sobre alguns problemas que atingem a comunidade, e também de que modo as pessoas podem contribuir para manutenção do projeto e para a festa de formatura que ocorrerá no dia 29/10/2016.
Infelizmente vivemos uma realidade social onde o Poder Público tem sido ineficaz na resolução de problemas sociais, na verdade, na garantia de direitos sociais essenciais, inclusive, garantidos na Constituição Federal de 1988. Direitos como saúde, educação, trabalho, moradia, cultura e espaços de lazer acabam sendo ignorados por governos, com isso a população muitas vezes termi…