Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Coisificação

Os nossos sonhos, as nossas ideologias, as nossas nostalgias
os nossos mais profundos desejos se tornaram quadros na parede
Broches, camisas, almofadas, anúncios publicitários de cerveja
e de tudo que é penduricalho barato que compramos em feirinhas hippie,
lojas de 1,99, ou mesmo pela internet - com a praticidade de um click

O mundo não existe mais
As coisas não existem mais
Não mais da forma como aspiramos

Os livros na estante criam traça
Os instrumentos musicais se deterioram esquecidos num canto
Os poetas somente bufam dentro de suas jaulas de ferro
Os novos pensadores se perdem num emaranhado de teorias

(O que está havendo conosco?)

Por falta de inspiração ou de coragem
A mesma lei que repudiamos
Determina nossas vidas e a nossa subversão

E tudo vira decoração, bibelô, objetos inanimados, devaneios soltos...
De modo que os seres, as relações e os costumes estão putrificando

O que era pra ser revolução se esvazia e exala estranhamento
O que era pra ser proteção não é nem repelente pra mosquito
O que …

Ser moderno. Ser inadimplente

O ser humano antigo que se pensa moderno é um grande inadimplente
Em dívida com deus, com o diabo e com o mundo 
Nunca tem tempo para nada
Sempre em atraso...

Com os amigos, com a família
Com o trabalho, com as contas a pagar
Com as plantas, com os bichos, com as palavras
E com os remédios que precisa tomar

Mesmo quando acorda cedo
O phatos diário é viver assim: 

Correndo de um lado para o outro
Tentando sustentar e reparar os erros e também os acertos
Manter os compromissos. Remendar a falta consigo mesmo
E criar sentido para a própria existência
Responsavelmente guardando algum para o túmulo 
De modo, a não criar nenhum infortúnio familiar

Sua vã filosofia
Apesar de lhe fazer perceber tantas coisas para além de sua compreensão
Não rompe com os relógios de ponto 
Nem com as reuniões em que se discute a invenção da roda
Por que gato mia? Por que adolescentes se masturbam?
Na prática, pouco, ou nada! Daquilo que se acredita é colocado em movimento

Por medo, conforma-se com os dias e com as horas sempre igua…

O canto da cigarras

Quem é você?

Que quer inundar o mundo com seu canto
Que canta incessantemente de forma tão livre neste fim de tarde
Que nunca anuncia a primavera e nem avisa a partida
Vem no verão e grita sem pudor

Eu não entendo essa melodia alarmante
Eu me confundo nestes minutos inebriantes
Eu mergulho em nostalgia por relações que nunca tive
Veja a tamanha maldição...

Esse teu canto maldito

Como se hoje fosse o último dia de tua vida
Como se quisesse levar a todos para o inferno
Não me diga que isso é apenas pela tua própria satisfação copular
Enquanto ensurdecemos com tua loucura

Isso é puro egoismo
Isso é puro instinto

Por isso,

Cantarei ao mundo também
Tenho meu truques
Minhas artimanhas

Evoé 
Oxalá
Quero morrer neste jogo de sedução

Antes que os carrascos
Os ceifadores de prazer
Destruam nossa liberdade

O cimento dos meus dias

As casas
Os prédios
Os muros
As ruas

O ar 
O mar
A terra
Os sentimentos

Os desejos
As aspirações
Os sonhos
As utopias

Tudo é concreto

... e se perde no contraste e no tédio

Deste concreto

Pálido 
Esvaziado
Petrificado
Arregimentado

Frio

... Concreto

E assim,
Nos solidificamos 
E morremos 

...  Docilmente
Concretamente

Sem rebeldia 
Sem anarquia
Sem poesia

Sem a maestria essencial do canto das cigarras
Morremos... Fingindo liberdade

Neste concreto que (também) nos servirá de laje tumular

Um lindo caminho para lugar nenhum

Uns ouvem Dylan
Outros Criolo 
Uns preferem Greta Garbo
Outros Frida Kahlo

Uns preferem se reservar
Outros se arriscar
Uns preferem definições
Outros sensações

Uns preferem o mar
Outros o livre amar
Uns preferem caminhar
Outros se imobilizar

Uns preferem plantar rebeldia
Outros o discurso da academia
Uns preferem a resignação
Outros a pólvora, o fogo e a explosão

Uns preferem os espartilhos
Outros puxar o gatilho
Uns preferem Almodôvar
Outros Tarantino

Peru, Machu picchu, Bogotá
Neruda, Plínio, Solano,Clarice
Rimbaud, Baudelaire, Augusto 
Glauber, Sganzerla, Sampaio

...

E entre beijos e bofetadas
Enquanto uns preferem a ressaca
Outros morrer de câncer e pauladas
Por tanto sonhar, por tanto querer...

Insociabilidade

Se há algo pelo qual me interesso numa pessoa
É por sua loucura
Por seu estado de embriaguez
De não saber quem é, ou onde está, 
Seu descompromisso com coisas exatas

Particularmente tenho a tendência de me apaixonar
E me reconhecer nestas pessoas
Vadias, líricas, metamorfósicas, andróginas, solitárias...

Um tanto estranho?
Acredito que não
Toda vez que me aproximo de alguém racional
Perco a excitação pela falta de vida que nela há

Tudo artificial e embalado
Uma assimetria que não me atrai
Horas e momentos determinados
Não há mística
Não há encontro

Só a rotina 
A mesmice 
O vazio 
A guilhotina dos dias sempre iguais

Faleço lentamente de tédio...
De insociabilidade

Kátia Abreu assumir o Ministério da Agricultura? Isso é puro 'versus íntimos'

É triste ver a Senadora Katia Abreu (PMDB) representante da bancada ruralista, assumindo o Ministério da Agricultura. Mas qual a surpresa nisso? Ora, vamos recordar que a Sra. Presidenta Dilma Rousseff foi a candidata que mais recebeu doações oriundas do agronegócio para sua campanha. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostrou que Dilma arrecadou em torno R$ 6,35 milhões de empresas do setor. Obviamente que a matemática seria essa. Ainda mais porque manter as boas relações com o PMDB é o que realmente importa. Claro que, com a configuração do segundo turno em que partes das esquerdas optaram pelo voto crítico, criou-se um estado de ânimo de que o governo do Partido dos Trabalhadores (PT) retornaria as suas origens, inclusive, parte de sua militância também depositou confiança nessa ideia. Perderam. Porque como escreveu Augusto dos Anjos em seu poema, Versos Íntimos; ‘a mão que afaga é mesma que apedreja’.
E neste caso, o mal menor, que criou políticas assistenciais que contribu…

Festival de cultura popular: O nordeste é #Danado de Bom

Num momento em que o país vive um de seus momentos mais tenebrosos da história, onde o ódio, a estupidez e a ignorância são alimentados cegamente a ponto de muitas pessoas considerarem natural destilarem ódio contra os nordestinos. A cidade de Cubatão realizou a terceira edição do festival nordestino de cultura popular, considerado o maior evento de cultura nordestina fora do nordeste, incluso no calendário oficial do Estado de São Paulo, o festival este ano teve como tema, o rei do baião, Luiz Gonzaga. 

Atraiu um público em torno de 60 mil, de acordo com os dados divulgados no site da prefeitura.

Quem passou pelo evento neste último final de semana, entre 13 a 16 de novembro, pôde conferir um pouco da riqueza cultural nordestina por meio de artistas como Fagner, Tribo de Jah, Pitty, Banda de Pífanos de Caruaru, Sanfonados, Fala Mansa dentre outros, além das atividades culturais que ocorreram. 
O festival foi montado no Kartódromo Municipal e contou com a construção de uma cidade cenográ…

Marcha das Vadias Baixada Santista e a luta contra o machismo.

Isso não é sobre sexo. É sobre violência!
'A cada duas horas uma mulher é assassinada no país, a cada cinco minutos uma mulher é agredida, a cada hora uma mulher sofre abuso. É embaçado ou não é?' Parte da letra de Luana Hansen – Flor de mulher

A Marcha das Vadias Baixada Santista acontecerá neste próximo domingo (23). É a terceira edição aqui na região e está sendo organizada pelo movimento marcha das vadias baixada. A concentração será às 16h na praça da independência no bairro Gonzaga – Santos. De lá, a marcha seguirá pela orla da praia até o Parque Roberto Mário Santini (emissário submarino) onde haverá um sarau feminista, vendas de livros, comidas veganas e de encerramento haverá a apresentação das rappers DJ Luana Hansen e Sidi Brisa, e também as bandas de punk/HC Anticorpos, Disshit, Ratas Rabiosas e Útero Punk.  (Informações sobre a marcha da baixada do ano passado neste link)
No ano passado a marcha reuniu cerca de setenta pessoas que marcharam pela orla da praia até o em…

Túnel submerso (Santos/Guarujá) e a luta de uma comunidade contra o Estado

O primeiro túnel submerso do Brasil há de ficar pronto em 2018. Sua construção iniciará em 2015 e a Baixada Santista abrigará esta novidade. O Submerso (nome batizado pela DERSA) irá custar R$ 2,8 bilhões, com recursos do Estado de São Paulo e do BNDES, e atenderá cerca de 40 mil pessoas por dia que viajam entre Santos e Guarujá. O projeto inteiro tem 1,7 km, sendo 762 metros de túnel submarino, e mais 950 metros de rampas de acesso.  (Fonte: DERSA). 

De acordo com as poucas informações que circulam, a obra trará benefícios para a região, será? Porém seu impacto social, cultural e ambiental, pouco ou nada é falado a respeito - muito menos quem são as pessoas que diretamente irão sofrer com esses impactos. Neste texto trarei um pouco da história de uma comunidade que vem travando uma verdadeira guerra contra o Estado, para minimamente mudar o traçado de um túnel, deste, o Submerso. 

A bolha imobiliária 

Nos últimos anos a cidade de Santos tem sido palco de um processo intenso de boom imob…