Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

A guerra será televisionada

A invasão do complexo do alemão se transformou num verdadeiro espetáculo midiático. E todos querem ver sangue...

Pior é que não tinha outro jeito senão invadir. Só penso que a arquibancada podia ser menos empolgada, no sentido de entender que retomar as áreas tomadas pelo crime organizado, não significa mudanças sólidas e muito menos é um reality show. Mas enfim, hoje o pé na porta na casa dos moradores está liberado, depois de anos de descaso, de inércia do Estado e de falta de políticas púbicas de segurança e de outras também... O governo carioca se coloca na posição de exorcizar todo o mal com os heróis do Bope.

E, bala perdida tem justificativa...

Fico pensando numa coisa que a mídia está fazendo e insistido em declamar em alto e bom som, que: "graças a população está invasão está sendo possível, o disque denúncia nunca recebeu tantas ligações, e estas informações são essenciais", Ontem mesmo no jornal da noite de uma emissora que nem sei qual era (estava na casa de um amig…

A violência no Rio de Janeiro. Vigiar e punir!

" A miséria do povo e a corrupção dos costumes multiplicaram os crimes e os culpados" Michel Foucault
A violência no Rio de Janeiro infelizmente não é nenhuma novidade. Desde o final da década de setenta quando o estopim da violência foi lançado, já virou documentário, longa metragem, tese de doutorado e uma infinidade de outras coisas. O ponto alvo de discussão, é sempre a ineficiência do Estado em promover o bem estar social através de políticas públicas de segurança que garantam o desmantelamento do crime organizado, traduzindo - combater com força e rigor - ocupar territórios e a novidade, instalar Unidades da Polícia Pacificadora nestes locais, procurando trabalhar em parceria com a população, e por final combater as lideranças nos presídios. No entanto, isso é combater o resultado final e não a raiz do problema, numa situação de caos como está ocorrendo, evidente que o Estado precisa demonstrar força, e as medidas precisam ser repressivas, afinal é exatamente demonstração…

Vampiresco e amoral. Liberto!

Meu ethos se cansou de trepar Coma a dama da moralidade
Agora, minha mente pervertida Navega por mundos não mensuráveis de desejo
Liberto Caminho pela noite Em busca de prazer Vampiresco e amoral

Presidente Lula recebe blogueiros para uma entrevista histórica

Lula recebe Blogueiros Progressistas
A manhã desta quarta-feira (24) entrou para a história
da democratização da comunicação no Brasil. Pela primeira vez um presidente da república concedeu uma entrevista a comunicadores que não sejam, especificamente, funcionários da clássica imprensa do país monopolizada por algumas poucas famílias burguesas.

Lula recebe Blogueiros Progressistas
A manhã desta quarta-feira (24) entrou para a história
da democratização da comunicação no Brasil. Pela primeira vez um presidente da república concedeu uma entrevista a comunicadores que não sejam, especificamente, funcionários da clássica imprensa do país monopolizada por algumas poucas famílias burguesas.

A 37 dias do fim de seu mandato e levantando, novamente, a bandeira da construção de um sistema de comunicação democrático e capaz de dar espaço a todos os brasileiros expressarem sua opinião, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, numa atitude inédita recebeu, no Palácio do Planalto, em Brasília, dez represe…

Brigada médico cubana no Haití combate o cólera em todas as frentes.

Postado originalmente em Solidários
Hinche deve ser uma das poucas cidades do mundo, com uma pista de voo na sua rua principal, com função alternada de pastagens para rebanhos de cabras. Tão peculiar assim é a capital da Divisão Central do Haiti, onde a epidemia de cólera se tornou a principal preocupação dos moradores e da Brigada Médica Cubana (BMC), que serve lá em solidariedade.
Fora do hospital da cidade está localizada a Central de Tratamento de Cólera (CTC), onde trabalham em conjunto, além do pessoal cubano e os formados na ELAM, nove médicos norte-americanos de uma Organização Não Governamental. Estes têm as melhores impressões do trabalho dedicado da BMC em Hinche.
Enquanto discutem como organizar os trabalhos, os reforços, a disposição e entrega das equipes médicas e de enfermagem, percebemos a juventude do médico guantanamenho, Roberto Pardo. A segurança nos argumentos que já vimos em outros congêneres decorrem da experiência única de ter enfrentado os efeitos de um desastre …

Intervozes - Levante sua voz

Este vídeo foi produzido pelo Intervozes Coletivo Brasil de Comunicação Social, como contribuição à 1ª Conferência Nacional de Comunicação - Confecom. Dirigido por Pedro Ekman, o vídeo foi produzido aos moldes do curta-metragem "Ilha das Flores", do documentarista Jorge Furtado. O vídeo mostra a concentração dos meios de comunicação em nosso país e sua finalidades.
Intervozes - Levante sua voz from Pedro Ekman on Vimeo.

Salve o dia da consciência negra!

O negro foi libertado e não ouviu sequer
Um pedido de desculpas
Reparação pelos anos de trabalho escravo
humilhação e sequestro?
Muito menos!

Sangue, suor e chibata ergueram este país
De sol a sol ou debaixo de chuva
Na cana de açucar, nos cafezais, na cozinha...
Servindo e penteando a sinhazinha

Mas hoje, ao ler um livro de história
O que lemos sobre a escravidão?
"Princesa Isabel a boazinha"
Onde estão os 100 anos de Palmares?
Zumbi, Dandara, Antonio Cândido?
Entre tantos outros que lutaram

Consciência negra não é revanche
É reflexão e conexão com a realidade
Na busca pela construção e valorização
Da identidade de todo brasileiro

Não há nação
sem isso, e

"não existe igualdade sem o respeito pelas diferenças"
(Marcus Vinicius)

Jesus Maldito

Jesus quando caminhou sobre a terra Era um tremendo punk Revolucionário até o osso Desde pequeno quando descobriu o contra-baixo Anarquizou geral pra botar pilha no diabo Sempre a frente de seu tempo Junto com seu primo "João Batista Podre" Com quinze anos foi preso por porte de maconha Aos dezesseis convidou seis amigos E formou uma banda de punk rock Depois, convidou outros seis para ajudarem na produção Fizeram shows em botecos em troca de cerveja E após quase três anos de correria Gravaram um disco independente E caíram na estrada pra divulgar as canções A crítica torceu o nariz Dizendo que o álbum era barulhento demais Mas nas rádios, ouvintes não paravam de pedir "Good Save the Madalena" Single do álbum inspirada no grande amor de Jesus "Maria Madelena" mulher de vanguarda Vieram o segundo, terceiro, quarto e quinto álbum Sempre independente e bem sucedido Consolidando a dupla de compositores Jesus e Judas Parceirão e guitarrista solo Todo esse sucesso Irritava as gravadoras…

Minha linda cidade Vicentina

Nesta linda cidade Vicentina A população nada num mar Cheio de bosta (dissolvida) e urina
Olhem para essas areias da praia Infectadas de bichos geográficos Cheios de estupidez e hipocrisia
Palácios, palacetes e palafitas Meros reflexos arquitetônicos De miséria e riqueza
São Vicente, a cidade do pecado A maquiagem que te passaram É como um parasita que suga até as tripas
Intenso ritual vampiresco De alegrias insensatas E de verdades embriagadas
Teu veneno entorpece e mata Acuado, solitário e sem abrigo O que tenho a perder? São Vicente
Nada? Então,
vou urinar em tuas esquinas Transar em tuas avenidas E gozar com tuas mentiras
Quem sabe assim... O meu cinismo barato de boteco Incomode os acomodados
Porque o teu verão, São Vicente Dá câncer de pele.

Deus é um tremendo dinossauro!

Deus é um porra louca Adora boteco e cerveja barata Saímos juntos na semana passada E tomamos um porre Rodamos a cidade toda em busca de diversão Bebemos, discutimos e divagamos sobre a vida Juntos, numa esquina Cantamos, tocamos violão e recitamos poemas de Augusto dos Anjos No fim da noite, de bolsos vazios e embriagados Quase vomitamos o fígado e as tripas Foi quando Deus me disse meio tonto Que não gostava de excessos Mas, tem um fraco pela vida boêmia Melhor forma de extravasar a tensão Imaginem? Bilhões de anos no mesmo trabalho Quem não pira? Em desabafo ainda me disse Que andava meio solitário Depois que Jesus foi viver sua vida Com Maria Madalena em outra galáxia E, pode até ser vaidade divina Mas, está afim de curtir uma fossa São muitas cobranças Qualquer unha quebrada Lá vem choradeira! As vezes chega a agradecer a si mesmo Pela existência de tantos ateus e agnósticos "Dão menos trabalho" Pois é, "Deus é um tremendo dinossauro" De sua calda de bilhões de anos Lança fogo sobre a pós-m…